Home Noticia Engenharia a favor da vida!
Engenharia a favor da vida!

Engenharia a favor da vida!

0
0

Foi em 05 de agosto de 2010 que o mundo se comoveu com um acidente que marcou o Chile, mais precisamente o deserto de Atacama. 33 trabalhadores ficaram presos dentro de uma mina onde trabalhavam.

O momento de maior felicidade para eles foi no dia 13 de outubro quando foi possível observar que a Engenharia pode ser usada a favor da vida, neste caso, o resgate dos “mineiros chilenos” foi realizado através de um túnel vertical construído com uma profundidade de 622 metros considerando todos os aspectos de segurança. Foi uma “batalha” mas no final e com 69 dias decorridos do incidente foi possível retirar da mina os 33 trabalhadores.

A cápsula lançada neste túnel recebeu o nome de Fênix e a duração do resgate foi de 22 horas no total, Às 21h55 da quarta-feira dia 13 de outubro, Luis Urzúa saiu da cápsula Fênix, terminando a epopeia que começou em 5 de agosto, com um desabamento de terra na mina San José.

A SITUAÇÃO DESESPERADORA

Não sei você mas eu não consigo me imaginar nesta situação, um dos mineiros entrevistados após deixar a mina chegou a comentar que houve momento em que se falava em, se necessário, usar como forma de alimentação o canibalismo, terrível!!! Mas com a ajuda da Engenharia foi possível fazer o resgate com absoluto sucesso dos 33 mineiros. Veja na imagem abaixo o local onde ficaram durante os 69 dias de enclausuramento.

engenharia

ENTENDA COMO A ENGENHARIA TORNOU POSSÍVEL RETIRÁ-LOS DE LÁ:

Abaixo você pode observar como foi possível realizar a retirada de cada um dos trabalhadores. Observe que todo o processo de construção (escavamento durou cerca de 33 dias, uma verdadeira corrida contra o tempo, enquanto era realizada a escavação de um túnel vertical de 66cm de diâmetro era, em paralelo, construída a infra estrutura da cápsula de transporte.

Os mineiros receberam, para o transporte, uma roupa especial, oxigênio, óculos escuro para não sofrerem danos oculares e um capacete com tecnologia de áudio e vídeo para acompanhar todo o percurso durante o resgate.

A cápsula tinha uma velocidade de aproximadamente 1m/segundo (relativamente rápida) o içamento de cada um dos trabalhadores demoraria cerca de 15 minutos mas no início houve um tempo maior sendo diminuído ao longo do resgate. A retirada de cada um dos mineiros, considerando descida, preparação para o transporte e içamento foi na média 1 hora por pessoa, alguns demoraram somente 30 minutos.

fonte: globo.com

A ENGENHARIA EM TODOS OS SEGUIMENTOS

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo,
é renovar as esperanças na vida e o mais importante,
acreditar em você de novo.

Não existe limites quando a vida está em jogo e como você pode observar, neste caso, a corrida contra o tempo foi crucial para um trabalho de sucesso no resgate, por mais que se pense que 69 dias é um tempo longo (tempo este que os trabalhadores ficaram presos na mina) podemos considerar que o trabalho foi extremamente conciso e muito bem planejado. 33 dias para tal construção simplesmente mostrou a eficiência que podemos alcançar unindo forças e envolvendo deferentes áreas de engenharia e também medicina (é claro). Parabéns a todos os envolvidos, é por isso e por muito mais que me sinto orgulhoso de ter escolhido a engenharia como profissão.

(0)

tags:
Eng ° Everton Moraes Fundador da Sala da Elétrica. É um engenheiro eletricista que dedica boa parte de seu tempo à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade para multiplicar seu conhecimento com os amantes da Eletroeletrônica. "Acredito firmemente que é ensinando que se aprende"

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *