Home Técnicas de Emenda

Técnicas de Emenda


fonte: www.sxc.hu

Olá Pessoal, nesta postagem estaremos aprendendo ou simplesmente relembrando algumas técnicas de importantes de emendas de condutores e manipular corretamente as ferramentas utilizadas na construção destas emendas.

Muitas vezes nos deparamos com a necessidade de realizar uma emenda e dependendo da situação, levando em consideração o espaço e a disposição dos cabos a serem emendados  devemos usar diferentes técnicas  para este feito. Existem várias formas de construir uma emenda, vejamos as três mais comuns:

  1. Rabo de Rato
  2. Prolongamento
  3. Derivação

1. EMENDA TIPO RABO DE RATO

Este tipo de emenda é considerada emenda para caixa de derivação ou caixa de passagem.

Inicialmente teremos que nos atentar em remover aproximadamente 2cm da capa que envolve os cabos a serem emendados, esta dimensão pode variar de acordo com a área de secção transversal do cabo (bitola).

figura 1

 

Com auxilio de dois alicates (figura 1) deverá ser unidos os dois condutores colocando um ao lado do outro para que possamos iniciar a emenda entre os condutores.

 

 

 

figura 2
Realize um movimento de torção entre os alicates a fim de que ambos os condutores envolvam-se um ao outro (figura 2).

Atente-se para que não ocorra de um condutor enrolar ao outro e sim que exista a torção entre eles

 

 

fonte: www.sxc.hu

 

Por fim, dobre o condutor e realize a isolação com fita isolante e dependendo da situação use a fita de alta fusão para melhorar o desempenho da emenda.

 

 

Assista o vídeo abaixo para melhorar ainda mais o entendimento referente a este tipo de emenda:

 


2. EMENDA PROLONGAMENTO

A emenda “Prolongamento” têm por finalidade proporcionar o aumento do comprimento da linha elétrica. Além de garantir um excelente contato elétrico, este tipo de emenda proporciona grande resistência mecânica entre os condutores.

Inicialmente, com auxilio de um alicate decapador (Figura 1)desencape os condutores a serem emendados:

Figura 1

 Observação: O condutor deverá se desencapado numa extensão de aproximadamente 50 vezes seu diâmetro como podemos observar na Figura 2.

Figura 2

 

Figura 3

 

Logo após, devemos colocar ambos condutores unidos formando um ângulo de aproximadamente 120º entre eles  (figura 3), atente-se de não executar a emenda com a mão, utilize-a somente para o posicionamento dos condutores, no momento de executar a emenda devemos executá-la com alicates apropriados.

 

 

Figura 4

 

Utilizando dois alicates envolva um dos condutores ao outro, realizando assim a torção de um condutor sobre o outro. Em seguida faça o mesmo com o segundo condutor, porém, em sentido contrário, garantindo que ambos sejam unidos firmemente (Figura 4) para que não haja mal contato na emenda.

 

 

“Nota: É importante garantir que nesta emenda, cada condutor realize de 4 a 6 voltas sobre o outro, garantindo assim um excelente contato elétrico e também a resistência mecânica.”

Assista o vídeo abaixo para melhorar ainda mais o entendimento referente a este tipo de emenda:



 


3. EMENDA DERIVAÇÃO

A emenda Derivação é utilizada quando existe a necessidade de criar um ramal de alimentação a partir de uma linha já existente.

Inicialmente, com auxilio de um alicate decapador (Figura 1) desencape os condutores a serem emendados:

Figura 1

 

  1. Para realizar esta emenda desencape o condutor principal em aproximadamente 20 vezes seu diâmetro
  2. Desencape o condutor a ser derivado em 50 vezes o seu diâmetro
Observe a seguir:

Posicione os condutores de maneira a deixá-los perpendicular (formando um ângulo de 90° entre si) segurando-os firmemente com um alicate universal

 

Com auxilio de um segundo alicate universal enrole o condutor derivado sobre o condutor principal, lembre-se de sempre manter as espiras (cada volta do condutor) uma ao lado da outra. Garanta que esta emenda possua no mínimo seis espiras.

Assista o vídeo abaixo para melhorar ainda mais o entendimento referente a este tipo de emenda:


(0)