Home Elétrica Comandos O Motor sempre trabalha com 220V: Não importa a tensão de alimentação
O Motor sempre trabalha com 220V: Não importa a tensão de alimentação

O Motor sempre trabalha com 220V: Não importa a tensão de alimentação

0
0

Esta é uma dúvida e/ou curiosidade que você vai gostar de saber, mas principalmente, é um conhecimento que você precisa ter para ter sucesso no entendimento de Máquinas Elétricas, ainda mais quando está interagindo com Comandos Elétricos

Os motores elétricos trifásicos, em sua maioria são apresentados de duas maneiras:

  1. Motor de Seis Terminais (6 pontas)
  2. Motor de Doze Terminais (12 pontas)

O que eu quero te mostrar aqui é que quando você domina as máquinas elétricas tudo fica mais fácil na hora de se destacar em comandos elétricos

Claro, preciso colocar um parênteses aqui, tudo que nós vamos falar adiante está relacionado a grande maioria dos motores mas existem sim exceções, os fabricantes de motores elétricos produzem centenas de tipos de motores mas na maioria esmagadora das vezes é isso que você vai encontrar:

Não importa a tensão de alimentação do motor elétrico trifásico, pode ser de 12 terminais, este pode receber até 4 níveis de tensões (220V, 380V, 440V e 760V), eles sempre trabalharão com 220V em suas bobinas.



Mas como isso é possível? Vamos entender agora e utilizaremos o caso mais complexo, o motor de 12 terminais:

Como é a estrutura interna do Motor?

estrutura interna do motor

Como você pode perceber, o motor de 12 terminais possui internamento seis bobinas (conjunto de bobinas) que dependendo do tipo da associação que é realizada permite com que o motor possa receber o nível de tensão que pode ser:

  • 220V
  • 380V
  • 440V
  • 760V

Mas o que é importante que você entenda é que na verdade, cada uma das bobinas internas deste motor receberá, independente da alimentação, uma tensão de 220V, como isso? vamos lá:

No fechamento 220V

Fechamento 220v

Neste fechamento nós realizamos o chamado Duplo Triângulo veja:

Fica fácil analisar que, como a tensão de alimentação é de 220V, então, como este fechamento se assemelha com uma ligação em paralelo, teremos a mesma tensão da fonte exatamente nos conjuntos de bobinas correto?

E como em cada associação temos duas bobinas em paralelo, então a tensão em cada uma é de 220V, até ai tudo bem…

No fechamento 380V

Fechamento 380V

Neste fechamento temos então o que chamamos de Duplo Estrela

Aqui, novamente, as bobinas estão associadas em paralelo e respectivamente formando entre si um fechamento estrela correto?

A questão aqui é que a alimentação é de 380V, neste caso temos uma relação entre os conjunto de bobinas de maneira que a tensão de alimentação (380V) não está diretamente ligado aos terminais dos conjuntos que estã;o em paralelo, logo teremos o seguinte.

A tensão da rede que é 380V acaba se dividindo entre os conjuntos de bobinas fazendo com que nestes conjuntos exista um tensão que é calculada assim:

Vf = VL / √3 ➜ Vf = 380 / √3 ➜ Vf = 220V

Como os conjuntos de bobinas estão em paralelo então a tensão em cada bobina, novamente é de 220V.

A partir do próximo fechamento mudamos a forma de associar os conjuntos de bobinas…

No fechamento 440V

Fechamento 440V

Agora temos uma tensão de alimentação um pouco maior do que costumamos interagir no dia a dia, mas ainda sim a tensão em cada bobina será 220V quer ver:

Agora estamos falando do fechamento triângulo (ou triângulo maior) que, como você pode observar, cada “ramo” possui duas bobinas mas agora associadas em série e não em paralelo como nos dois primeiros casos (220V e 380V)

Observe que como a tensão de alimentação é de 440V então nós teremos o seguinte:

Os 440V estão associados a cada conjunto de bobinas, que por sua vez estão em série e consequentemente existirá a divisão de tensão entre elas, como suas resistências e indutâncias são idênticas então a divisão será igual, assim sendo teremos a tensão de 440V

dividida entre as duas, então, novamente, 220V em cada bobina

E agora, a próxima é 760V, será que ainda assim conseguimos a tensão de 220V em cada bobina? vamos ver?…

No fechamento 760V

Fechamento 760V

Agora aumentamos “radicalmente” a tensão de alimentação, vamos considerar 760V neste nosso cálculo

Olha só, agora nós temos um fechamento que chamamos de estrela (ou estrela maior) que terá novamente os conjuntos de bobinas associados em série e o fechamento recebendo por sua vez a tensão de 760V

Como trata-se de um fechamento em estrela, os conjuntos de bobinas não recebem diretamente em seus terminais as fases correto? então existe novamente aquela “continha” que mostra para nós o seguinte:

Vf = VL / √3 ➜ Vf = 760 / √3 ➜ Vf = 440V

Logo, cada um dos conjuntos receberá 440V e não 760V, como as bobinas estão associadas em série, novamente temos uma divisão desta tensão entre as bobinas

E sabemos que, as bobinas possui mesmas características elétricas de resistência e indutância portanto a tensão se divide por igual, ou seja, teremos mais uma vez, 220V em cada bobina

Revelado: O motor realmente terá sempre 220V nas Bobinas

Basicamente esta análise que você acompanhou trabalha os conceitos de máquinas elétricas, mas falamos aqui um das centenas de características e particularidades do motor.

Esta análise pode ser repetida para motores de 6 ou 9 terminais e com certeza você deve estar atento a estas características por que são elas que vão contribuir em sua alta performance no entendimento de Máquinas e Comandos Elétricos

Imagine que abordamos aqui a questão da tensão elétrica, mas poderíamos falar de vários fatores (corrente, potência, Indutância, etc…)

Espero que você tenha gostado e fico aguardando aqui seu comentário sobre este nosso artigo de hoje…

O Motor sempre trabalha com 220V: Não importa a tensão de alimentação
4.6 (92.73%) 22 votes

Samuel Nassereddine Jovem de 23 anos, amante do conhecimento. Atuando como Desenvolvedor de Estratégias de Inbound Marketing, Desenvolvedor Web e Designer.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *