Disjuntor DR e DPS Podem Salvar a Sua Vida e a da Sua Família

Hoje vou falar sobre segurança com eletricidade, e são estes dois dispositivos, Disjuntor DR e DPS, que vão evitar que os acidentes continuem acontecendo.

Chega de morte de origem elétrica né?

Cada ano que passa nós nos deparamos com números absurdos de acidentes fatais e pelo simples fato das instalações estarem inseguras…

O Dispositivo Residual diferencial, ou nosso famoso Diferencial Residual, é o elemento que vai contribuir significativamente para a segurança da sua instalação.

Leia esse artigo: Acidentes com Eletricidade – Entrevista e Dados Estatísticos

O QUE O DISJUNTOR DR FAZ?

Curso Gratuito de Instalações Elétricas - Faça a sua matricula

Ele faz o monitoramento do fluxo de corrente que entra e sai do quadro de distribuição, comparando-os; o que entra, tem que sair, basicamente é assim…

Quando existe uma fuga de corrente entre as fases e o terra por exemplo (imaginando que existe um curto na carcaça de um equipamento) o DR identifica esta fuga, e desarma quase que instantaneamente.

Este mesmo seccionamento, irá acontecer quando uma pessoa se expõem a um choque elétrico, o disjuntor DR desarma evitando que aconteça o acidente de origem elétrica

Desse modo, seu filho, seu cliente e até mesmo os animais de estimação, estarão protegidos contra os choques elétricos.

E tem mais, uma fuga de corrente que pode (e causa) um incêndio também será uma ignição para desarmar o DR.

Ou seja, o Disjuntor Diferencial Residual, ou Interruptor Diferencial Residual, também protege contra incêndios de origem elétrica.

Você pode ter o DR instalado com o disjuntor geral, protegendo todos os circuitos do QDC, ou senão ter um DR para cada circuito.

Por exemplo, este disjuntor DR tetrapolar seria para uma alimentação trifásica + neutro, onde cada fase entraria em um destes pólos e o neutro estaria conectado neste pólo da esquerda.

Disjuntor DR da Tramontina

Já este segundo modelo, seria para uma instalação onde você possua somente uma fase e neutro ou mesmo se houver duas fases.

Estes dois modelos de DR irão permitir que você realize a instalação junto ao disjuntor geral ou mesmo individual por circuito.

EXISTE DIFERENÇA ENTRE O DISJUNTOR DR E O INTERRUPTOR DR?

Existem diferenças e semelhanças entre esses dois dispositivos.

Basicamente, o DDR (Disjuntor Diferencial Residual), é um dispositivo que possui tanto o Diferencial Residual, quanto o elemento Disjuntor Termomagnético.

Portanto, ele fará a proteção contra correntes de fuga perigosas para o ser humano, quanto protegerá o circuito contra curto-circuito.

Diferencial de Disjuntor DR e Interruptor DR

Já o IDR (Interruptor Diferencial Residual), é um dispositivo cuja principal característica é conter apenas o elemento Diferencial Residual, ele não é um Disjuntor Termomagnético.

Portanto, deve sempre ser utilizado junto à um Disjuntor Termomagnético.

Interruptor DR

Leia esse artigo: Como Instalar DPS em Aterramento TT

ONDE ENTRA O DPS NESTA HISTÓRIA?

O DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos) têm uma função muito importante no processo de segurança de uma instalação elétrica.

Lembra quando a sua mãe ou sua avó falavam, “Menino, sai do telefone, está chovendo”.

O que ela queria dizer na verdade era:

Deixa para ligar depois, uma descarga atmosférica pode gerar um surto de tensão e este surto pode vir através da linha telefônica, você pode se acidentar…

ONDE INSTALAR O DPS?

DPS da Tramontina

Estes dispositivos estão a todo momento analisando a tensão da rede, toda vez que a tensão for maior que 275V eles atuam desviando para o terra.

Internamente, o elemento que faz esse processo de desvio de tensão é chamado de Varistor, que na verdade, é um resistor que varia sua resistência de acordo com a tensão, de maneira quase instantânea.

Assim, os dispositivos e as pessoas que estão interagindo com a instalação ficam protegidos contra estes surtos.

O DPS sempre deverá ser instalado, ou abaixo do disjuntor do circuito ou com um disjuntor exclusivo de proteção, para que em casos extremos, se ele entrar em curto o disjuntor o desarme.

Outra coisa importante é que, normalmente o que você irá encontrar é: em redes monofásicas, bifásicas, o DPS será instalado nas fases e caso seja trifásica a rede de alimentação o DPS estará nas três fases e no neutro.

E existem alguns outros formatos de instalação, mas estes são os mais comuns.

E ai? Agora você concorda comigo que estes dispositivos podem aumentar a segurança da sua instalação elétrica?

Coloca nos comentários para que eu saiba se você aprendeu algo novo e o que mais você gostou.

Aprenda sobre Disjuntor DR - Curso Gratuito - Faça a sua matricula

Deixe o seu comentário

12 − três =

Receba mais conteúdos