O que o Eletricista Residencial Precisa Saber?

O eletricista vai ser o profissional responsável pela instalação, manutenção e reparo de instalações elétricas. Mas o que todo eletricista precisa saber?

O eletricista precisa ter alguns conhecimentos antes de começar a executar algum tipo de trabalho na área da eletricidade.

Primeiramente, ele precisa reconhecer que esse trabalho contém alguns riscos, por exemplo, choques elétricos.

Para evitar que isso aconteça, é necessário que ele sempre esteja atento a segurança referente a si mesmo e ao equipamento que está trabalhando.

Uma forma de sempre se proteger é utilizando dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), e esses EPIs devem sempre ser adequados ao trabalho com eletricidade.

Outro ponto a se levar em conta, é sempre trabalhar de acordo com as normas regulamentadoras referente a instalações elétricas, a segurança nesse tipo de serviço e claro, estar devidamente habilitado para isso.

É importante ele também saber interpretar projetos e diagramas elétricos, afinal, ele vai sempre se deparar com isso ao longo de seu trabalho, seja interpretando um diagrama e identificando símbolos, componentes ou até mesmo para poder entender um projeto, uma planta elétrica.

E por falar em planta elétrica, já parou para pensar o que faz o eletricista instalador residencial?

o que faz o eletricista instalador residencial

Ele é o responsável por interpretar circuitos e diagramas elétricos, planta baixa de instalações elétricas prediais …

Ou seja, toda aquela parte de projetos, adequar toda a instalação para cada tipo de casa e de acordo com o gosto do cliente.

Ele também é responsável pela montagem de infraestrutura para instalação elétrica predial e pode também elaborar projetos, executar e conferir instalações elétricas prediais …

Ele vai fazer toda a instalação do que o cliente precisa, seja instalar uma tomada até automatizar um sistema de iluminação.

Sendo capaz também, de conferir um projeto para ver se está tudo dentro do estabelecido pela norma.

Leia esse artigo também: Quais são as Ferramentas Essenciais para Eletricista?

Beleza, agora que você já sabe o que ele faz, como será que é o mercado para esse tipo de eletricista?

O mercado para essa área residencial é bem amplo, pois ele pode trabalhar por conta própria, sendo um eletricista independente que trabalha mostrando seu valor, se dedica para o seu negócio próprio, como também pode atuar em construtoras, empresas de automação e até mesmo prestando serviços para órgãos públicos.

Mas, para que ele se destaque cada vez mais é necessário que ele tenha muito conhecimento e busque por mais conhecimento, pois a elétrica passa por constante renovação, e a cada dia temos mais novidades nessa área.

Por isso, a qualificação técnica decisiva é extremamente importante para se destacar nesse mercado!

E por falar em mercado de trabalho, quanto ganha um eletricista residencial?

O salário varia entre R$1514,00 e R$2508,00, tendo como média salarial o valor de R$1934,00.

Claro que esse valor varia de região para região, e se você trabalha de forma independente, esse valor pode aumentar ainda mais de acordo com a quantidade de orçamentos fechados.

Falamos bastante sobre o que o eletricista instalador faz, como é o mercado para essa área, o quanto ele ganha … mas

Como se tornar um Eletricista Instalador?

Não é obrigatório que você tenha um diploma, mas é ideal que você tenha cursos livres/profissionalizantes ou cursos técnicos que abrangem essa área de eletricidade geral, instalações elétricas, para que você tenha a capacidade de poder analisar uma situação e saber de forma assertiva como resolver, como se mostrar um profissional qualificado.

Então, o principal passo para entrar nessa área é buscar uma qualificação técnica decisiva!

ebook grátis 6 dicas para eletricistas

Mas, o que devo saber para ter uma qualificação técnica decisiva?

Você precisa:

  1. Ter uma base sólida de conhecimentos, ou seja, aprender a teoria.
  2. Ver na prática um profissional te ensinando como se desenvolver.
  3. Fazer na prática o que aprendeu na teoria e o que aprendeu vendo um profissional fazer do jeito certo.

E juntando tudo isso, você precisa de um treinamento capaz de te ajudar a desenvolver esses 3 pontos.

Mas, o que preciso aprender para me tornar um Eletricista Instalador?

o que preciso aprender para me tornar um Eletricista Instalador

1. Interruptores

É extremamente importante aprender o que é um interruptor, como realizar a instalação, pois ele se faz presente em qualquer e praticamente todo cômodo de uma casa, de uma empresa, de um negócio.

É fundamental a presença desse componente em uma instalação e por isso, se faz necessário saber quais são os tipos de interruptores e como instalar cada um deles de acordo com a necessidade do cliente.

2. Tomadas

Presente em praticamente todos os ambientes, ela fornece energia elétrica para equipamentos eletrônicos.

É necessário saber dimensionar corretamente qual o tipo de tomada a ser utilizada no ambiente, porque se dimensionar de forma errada, você pode correr grande risco de danificar o aparelho a ser instalado no local.

3. Ventiladores

Para trazer comodidade no calor, um ventilador sempre se faz bem-vindo, e ele se tornou cada vez mais comum nas casas.

Por isso é importante saber como fazer a instalação desse equipamento.

4. Passar cabos

Qualquer tipo de circuito necessita a passagem de cabos, e é extremamente necessário saber como passar cabos e principalmente entender de projetos elétricos, para não perder tanto tempo nessa passagem de cabos para os circuitos da casa.

5. Montar quadros

É necessário saber montar quadros de distribuição, pois é de lá que toda energia da concessionária será distribuída em sua casa.

Por isso, você deve entender quais os componentes a serem utilizados, como montar eles no quadro, dimensionar o tamanho de acordo com a capacidade instalada.

6. Dimensionar instalações

Se eu já sei como passar cabos e como montar um quadro de distribuição, eu preciso do principal que é o dimensionamento de instalações.

Por quê?

Porque se eu não souber como dimensionar uma instalação, de nada vai valer o resto, pois uma instalação superdimensionada traz vários gastos (pelo fato de você comprar materiais com capacidade maior do que a necessária) e claro, não garante muita proteção…

E quando você faz uma instalação subdimensionada, os dispositivos de proteção vão ficar toda hora sendo acionados, te dando a maior dor de cabeça.

Então, para não ter problema, você precisa saber dimensionar corretamente as instalações.

7. Noções de projetos elétricos

E para ter o combo completo de eletricista instalador, se você tiver noções de projetos elétricos, você já sai lá na frente!

Porque um eletricista que entende de projetos elétricos, ele vai entender de dimensionamento e vai saber realizar os projetos de acordo com a necessidade do cliente, da área a ser instalada e o principal, vai saber interpretar o projeto elétrico e executar ele da maneira correta.

8. Segurança

O trabalho com eletricidade possui alta periculosidade, por isso é extremamente importante que o profissional da área trabalhe com segurança, visando proteger a si mesmo e proteger quem trabalha próximo.

Por isso é importante sempre se atentar ao uso de EPIs e sempre verificar a isolação deles, além de sempre consultar o CA (Certificado de Aprovação) para poder se certificar que seus EPIs realmente estão dentro das garantias estabelecidas pelo Ministério do Trabalho.

9. Manutenção, inspeção e senso crítico de resolver problemas

Sabemos que um eletricista não trabalha só realizando instalações, mas também realiza manutenções elétricas, então é extremamente importante que o eletricista tenha o senso crítico de saber aplicar tudo que lhe foi ensinado na prática, na hora de resolver algum problema.

Por exemplo, imagine que o eletricista chegue em uma casa e constata que todas as lâmpadas funcionam, porém o chuveiro não funciona, a geladeira não funciona … e agora?

Numa situação assim, é importante que com os conceitos vistos, ele saiba interpretar qual pode ter sido a causa desse problema.

Ele pode levantar hipóteses levando em conta a situação e o que ele consegue ver com base em inspeção visual…

Mas ele vai realmente saber a causa do problema se ele entender o ponto abaixo.

10. Saber utilizar os dispositivos de medição

Como dito no exemplo anterior, se o eletricista se encontrar nessa situação, além de levantar as hipóteses com base no seu senso crítico, ele precisa constatar se uma das hipóteses está correta e ele vai fazer isso se souber utilizar os dispositivos de medição, como o multímetro.

Por meio desse dispositivo, ele vai verificar a tensão da residência e aí então, eliminar ou constatar alguma hipótese.

Dominar o uso dos dispositivos de medição é muito necessário nessa área, pois é com base neles que você vai verificar sua instalação (por exemplo, verificar a tensão das tomadas, se está tudo ok) e realizar uma manutenção (por exemplo, verificar a tensão que está chegando no seu disjuntor geral para constatar se há tensão ou não alimentando a sua residência).

Esses são alguns pontos importantes que o eletricista precisa abordar dentro do treinamento para ter uma base sólida de conhecimento nessa área.

Mas, me diz aí, fora esses pontos abordados, o que você acha que o eletricista instalador precisa saber?

Professora Juliana Santos

Juliana Santos

Sou formada no Senai em Eletricista de Manutenção e finalizando o Técnico em Eletroeletrônica pelo SENAI também.

Todo meu conhecimento vem sendo disponibilizado para auxiliar os alunos durante o progresso nos treinamentos.

Amo poder compartilhar meu conhecimento na área elétrica e poder aprender todos os dias as diversas vertentes dessa área tão incrível!

Deixe o seu comentário

1 + quatro =

Receba mais conteúdos