Antes de Calcular a Potência Demandada, Você Precisa Saber Disso!

  • Por: Everton Moraes
  • setembro 06, 2021
  • Autônomo
  • 0 comentários

Entre todos os detalhes que envolvem a potência demandada e a corrente elétrica em um determinado objeto.

O mais interessante deles é a variação que pode existir entre a potência demandada de um equipamento ou outro, mesmo que eles tenham a mesma quantidade de volts.

Um bom exemplo disso é o caso de duas lâmpadas com a mesma quantidade de volts, mas com potências diferentes.

Por exemplos, a lâmpada A tem 12 volts e 1 w de potência elétrica, já a lâmpada B tem 12 volts e 2 w de potência.

Isso significa que a lâmpada B tem o dobro de corrente elétrica da corrente A.

Para se calcular a potência elétrica, é preciso analisar a diferença do potencial e a corrente no elemento.

Nele você vai aprender sobre:

  • Potencia demandada
  • Cálculo de demanda
  • Fator de demanda

 

Potencia Demandada

POTÊNCIA DEMANDADA

A Potência Instalada, chamada de Pinst, também é chamada de Potência Nominal.

Que nada mais é que a soma de todas as potências nominais dos aparelhos em um determinado lugar.

Entre essas potências, incluem-se também as tomadas.

De maneira prática, é importante saber qual a Potência Instalada em um determinado ambiente para descobrir o chamado fator de demanda, o que resultará em uma grande economia de energia.

Para descobrir qual é essa potência demandada, multiplicamos a Potência Instalada pelo Fator de Demanda.

Assim, o cálculo que fazemos é Pd = f x Pinst

Onde podemos definir:

Pd = Potência Demandada

F = Fator de Demanda

Pinst = Potência Instalada

A principal contribuição da Potência Instalada é o cálculo realizado para descobrir qual a energia demandada de acordo com o número de tomadas e de pontos de iluminação para um determinado ambiente.

O cálculo que demonstramos acima é exatamente o mesmo utilizado pela NBR 5410.

Baixe PDF NBR 5410, para Instalações Elétricas de Baixa Tensão

CÁLCULO DE DEMANDA

Além de descobrir a variação da potência elétrica e conseguir calcular a potência instalada, para fazer uma instalação residencial é necessário realizar o Cálculo de Demanda de um ambiente ou de uma corrente elétrica.

Esse Cálculo de Demanda é uma norma indispensável para qualquer instalação, já que ela define os requisitos mínimos para a ligação de uma ou várias unidades consumidoras individuais em uma tensão secundária de distribuição através de redes elétricas.

Esse cálculo é indispensável também pois estabelece o valor-base necessário para o bom desempenho com segurança e qualidade das instalações.

Garantindo a integridade de todas as pessoas que tenham que realizar qualquer instalação ou manutenção na corrente elétrica.

Para conseguir chegar ao Cálculo de Demanda, é necessário considerar os padrões de segurança estipulados pela Norma NBR 5410, que já citamos acima.

Leia também: Potência Elétrica em Corrente Alternada e Fator de Potência

FATOR DE DEMANDA

Por fim, ainda existe um último valor que precisa ser considerado, o Fator de Demanda, que nada mais é que o valor estipulado pela concessionária de energia elétrica para a transmissão de energia em um determinado lugar.

Não como regra, mas normalmente o Fator de Demanda para tomadas é de 0,8, enquanto para a iluminação geral é de 1.0.

Através do Fator de Demanda, conseguimos fazer o cálculo exato da demanda de energia em uma residência.

Através de um medidor de demanda, é possível saber exatamente qual será a energia necessária em um determinado ambiente ou em uma instalação elétrica.

Sem esse cálculo, é praticamente impossível conseguir realizar o desenvolvimento de uma instalação elétrica com segurança, qualidade e sob as normas necessárias para garantir a integridade dos usuários e dos instaladores.

Para finalizar, é indispensável levar em consideração os cálculos necessários para definir a Potência Instalada, a Potência Demandada e o Fator de Demanda, facilitando assim o desenvolvimento dos mais variados tipos de projetos elétricos, sempre levando em consideração segurança, qualidade e o desempenho para um projeto de qualidade.


Quer saber mais sobre potência demandada? Deixa nos comentários.

Aqui na Sala da Elétrica nós temos o curso que está mudando a vida profissional de mais de 7 mil eletricistas ao redor do mundo.

Nosso curso de Máquinas e Comandos Elétricos na Prática.

Um curso que vai te colocar em outro nível quando o assunto for manutenção elétrica, vai te colocar passos a frente no mercado de trabalho.

Para conhecer o curso que vai te tornar um eletricista de manutenção bem sucedido, clique na imagem abaixo e dê o primeiro passo para tornar seu trabalho em outro nível.

Clique na imagem abaixo 👇

Se torne especialista conhecendo a teoria e a prática dos Comandos Elétricos - 2

Everton Moraes

Professor, palestrante e instrutor de treinamentos a mais de 9 anos. Já passou por grandes empresas no Brasil como, Senai, Scania, Pirelli, Toledo entre outras. Todo o conhecimento adquirido em 20 anos de carreira é disponibilizado nos cursos e treinamentos.

“Sou apaixonado pela formação e qualificação de profissionais, passando todo o meu conhecimento prático e ajudando todos os meus alunos a também adquirirem esse conhecimento a se tornarem melhores profissionais.”

Deixe o seu comentário

dezesseis + 11 =

Receba mais conteúdos