Home Elétrica ATERRAMENTO EXCLUSIVO OU SEPARADO
ATERRAMENTO EXCLUSIVO OU SEPARADO

ATERRAMENTO EXCLUSIVO OU SEPARADO

1.15K
150

O sistema de aterramento é um conjunto de medidas que tem por objetivo várias funções, como por exemplo, desligamento automático de dispositivos de proteção, como DR e disjuntores, controle de tensões, estabilização do sistema de energia frente à transitórios, escoamento de cargas estáticas, segurança de pessoas e animais, na equipotencialização do sistema, além de fornecer planos de referência para equipamentos eletrônicos. É com relação a este último item, referência para circuitos eletrônicos que quero desenvolver este artigo. Isto não significa que não tenha relação com os demais itens em que o aterramento participa.

Antes, uma breve explanação sobre a necessidade do aterramento em circuitos eletrônicos. A maioria dos circuitos eletrônicos atuais usa o aterramento como referência para a tensão de alimentação em DC. Apesar dos transformadores, o aterramento do circuito é importante para manter a referência “zero” para os circuitos. Se esta referência varia, os sistemas, sejam eles digitais ou analógicos, poderão interpretar o sinal errado e, com isto, funcionarem erroneamente.

Voltando ao aterramento, ao longo da história, o aterramento sofreu várias modificações. Começamos com o uso do próprio sistema de aterramento dos sistemas de força para aterrar equipamentos sensíveis, porém devido a vários problemas como circulação de correntes de várias fontes, induções eletromagnéticas, correntes de neutro, descargas atmosféricas esta referência deixa de ser “quieta”, causando problemas para o circuito sensível.

O segundo passo foi criar sistemas isolados, ou seja, criar um sistema independente do sistema de força para que este fosse a referência para os equipamentos eletrônicos. A ideia foi interessante, mas esbarrou em 3 problemas. O primeiro foi com relação aos acoplamentos resistivos e capacitivos, pois criar um sistema de aterramento separado exigiria distâncias grandes e, assim poderia haver problemas tanto de localização como criação de loops e problemas para equalizar altas frequências.

Mas o principal deles foi com relação à segurança, uma vez que circuitos com aterramento isolado, que usam a carcaça metálica como referência, não estariam equipotencializados com o sistema de força, podendo causar riscos para as pessoas, ou do contrário, equalizando o potencial dos invólucros, mas não dos sistemas poderia criar um potencial diferente e causar danos aos circuitos. Partiu-se então para criação do sistema de ponto único, que cria um sistema exclusivo para aterramento dos equipamentos sensíveis, porém este sistema exclusivo não é isolado, pois é equalizado com os demais sistemas de aterramento existentes na edificação. Veja abaixo uma representação deste sistema.

aterramento ponto único

Podemos observar que as referências dos circuitos eletrônicos são interligadas em uma barra de aterramento diferente do sistema de aterramento da carcaça, mas esta barra do aterramento dos circuitos eletrônicos é equipotencializada com os demais sistemas de aterramento, formando um único eletrodo. O último passo da evolução do sistema de aterramento foi a criação da Malha de Terra de Referência (MTR) ou Signal Reference Grid (SRG), que resolveu o problema principal dos demais sistemas que é a equalização para altas frequências. Com o mesmo princípio do sistema de ponto único, o objetivo é reunir todos os pontos de aterramento eletrônico em um ponto, que neste caso é uma malha que pode estar instalada abaixo do piso elevado de salas. Veja a representação abaixo:

Aterramento

Da mesma forma que o sistema de ponto único, a malha de referência de sinal deve ser interligada ao sistema de aterramento da edificação para garantir a equipotencialização dos aterramentos, garantindo assim a segurança de todos e o bom funcionamento dos sistemas de proteção.

O objetivo deste artigo foi tentar esclarecer um dos grandes mitos que acontecem diariamente, principalmente nas indústrias, o mito do “ATERRAMENTO SEPARADO PARA MEU EQUIPAMENTO”, pois já tive oportunidade de me deparar com este problema, em que o fabricante do equipamento ou o responsável por ele, informa que se o sistema não for separado você perderá a garantia do equipamento e outras tantas coisas. Neste caso, o que se deseja é um sistema de aterramento EXCLUSIVO e não separado.

Saiba ainda mais sobre Aterramento Aqui

(1152)

Eng° Edson Martinho Engenheiro Eletricista, presidente da ABRAEL (Associação Brasileira de Eletricistas) e diretor-executivo da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade). Escreveu e publicou o livro “Distúrbios da Energia Elétrica” (Editora Érica, 2009), é colunista das mídias Direcional Condomínio, SOSaqui, Programa Casa Segura, entre outros.

Comment(150)

  1. Ola Everton, curto muito a Sala Elétrica e obrigado por todo este material maravilhoso que você disponibiliza no blog. Tenho interesse em participar da palestra com o Eng. Edson Martinho.

  2. Excelente artigo, gostaria muito de participar, inclusive tenho algumas dúvidas referente ao assunto, principalmente relacionadas ao sistema TN-C.

  3. Aterramento, muito importante em um sistema eletrico, atualmente tenho pesquisado muito sobre esse assunto mas as duvidas vao sempre existir.

  4. Olá Everton , gostaria e muito isso assunto é muito importante e me interessa muito no momento, já confirmado minha presença, um abraço.

  5. Gostei muito da ideia de uma palestra sobre o assunto. Este assunto é muito importante para os profissionais da área, e também quero participar.

  6. Olá Everton, este é um tema muito bom para ser explorado.Entro na Sala da Elétrica com frequência e gostaria de participar do seminário. Um grande abraço.

  7. Boa tarde Everton, gostaria de participar muito deste assunto, pois já faço solda exotérmica e é sempre bom aprender, um abraço.

  8. Gostaria sim,e um tema muinto interessante para enrriquecer meu conhecimento,trabalho em obras ela tem muinto erros em relaçao a aterramento.

  9. Estava pensando em desconectar um circuito de aterramento em uma residência devido á informações contrárias, pois interliguei o aterramento separado ao aterramento do padrão de entrada da residência; atualmente temos duas proteções.

  10. Boa noite Everton. Tudo que voçê nos passa é de muito interesse! Agradeço por se dedicar a levar seu conhecimento adiante. Se possivel gostaria de participa! Um Abraço!

  11. Com certeza gostaria de participar. O aterramento possivelmente seja um dos assuntos que mais gera dúvidas entre os profissionais de eletricidade. Uma ótima oportunidade de aprendermos um pouco mais. Sala de Elétrica como sempre totalmente excelente.

  12. Prezado Everton Boa Noite,

    Com certeza o tema em questão eu acho muito importante e com certeza quero participar vai depender do horário Valeu…. Abraço

  13. Gostaria de participar da palestra online sim… muito interessante e coerente! Mto bom o artigo! (PRESE- Prestação de Serviços Elétricos).

  14. Eu gostaria de participar também da palestra…esse assunto e de total importancia para nos eletricistas…(imail errado…corrigir mandando novamente)

  15. Everton, parabéns pelo seu blog sempre indico aos meus alunos inclusive a apostila sobre partida de motores foi muito importante e referência qdo ministrei aulas de comandos elétricos.
    Quanto a palestra tenho total interesse em participar.

    Grande abraço e muito obrigado

  16. Muito bom e esclarecedor artigo !
    Quais os procedimentos quando se tem que fazer um comissionamento em uma instalaçao que foi feita por outros profissionais ?

  17. Boa noite, Everton.
    Obrigado pelo convite. pois fiquei muito satisfeito e quero participar dessa palestra de altíssimo nível e parabéns pela sua dedicação em compartilhar o seu conhecimento conosco.

    abraços…

  18. Este artigo é muito bom e interessante, porque existe muitos problemas relacionados e não damos conta que pode ser uma falha no sistema de aterramento!

  19. em resposta ao email,já li o artigo e aguardo ancioso a palestra, tenho aprendido muito com o site tenho materias apostilas retirado do site agradeço por compartilha esses conhecimentos com todos, grato

  20. Sei que esse assunto tem dado dor de cabeça a muita gente, sobretudo aqui na minha zona de servico onde a area é grande e a caida de raios tambem, vou fazer o possivel para assistir à palestra…

  21. Agradeço por compartilhar o artigo. Arquivei em minha biblioteca para referência no futuro. Obrigado pelo convite e desejo sim participar da palestra. Louvável reunir e compartilhar conhecimentos. Abraços.

  22. Boa noite , gosto muito de sua pag, estou precisando de um toque seu; estou montando um sistema de emergência, utilizando um dijuntor um contator uma bateria e u nobreik, mais nao to consequndo fazer o esquema no cadesimu, por favor se poder me enviar, te agradeço!!

  23. FIZ A LEITURA DO ARTIGO, É DO MEU INTERESSE PARTICIPAR DA PALESTRA A RESPEITO DO TEMA ABORDADO NO ARTIGO.

  24. bom artigo, quero participar da palestra, assunto relevante para todos, porque faz parte da segurança dos usuário e mostra a qualidade do profissional que realiza o trabalho.

  25. Olá Everton!
    Aterramento é sem dúvida um assunto relevante para todos os profissionais que trabalham com eletricidade. Tenho interesse sim em participar desta palestra, até já agendei a data e o horário. Obrigado pelo convite.

  26. Woah! I’m really enjoying the template/theme of this blog.It’s simple, yet effective. A lot of times it’s hard to getthat “perfect balance” between user friendliness and visual appearance.I must say you’ve done a superb job with this. Also, theblog loads extremely quick for me on Firefox. Superb Blog! http://bing.net

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *