No artigo de hoje eu vou te mostrar de uma forma muito prática todos os Componentes de Comandos, afinal de contas nós sabemos que os comandos elétricos possuem inúmeros componentes, mas quais são os principais? Quais são suas funções e aplicações?

Continue lendo e você vai descobrir:

componentes de comandos elétricos

Disjuntor Motor:

Um dos componentes de comandos mais importantes, sem sombra de dúvida, é o disjuntor motor. Afinal ele é quem protege o sistema contra curto-circuito e contra sobrecarga. Ademais é muito utilizado para o acionamento de motores, como o próprio nome já diz.

componentes de comandos elétricos: disjuntor motor
  • Dispositivo de Proteção e manobra para circuitos de potência
  • Protege o circuito contra Curto-Circuito
  • Protege a o equipamento contra Sobre-Carga
  • Dispositivo Termomagnético

Fusível:

Esse é famoso, certamente o fusível é um dos dispositivos de proteção mais conhecidos em comandos elétricos, também realiza a proteção conta curto-circuito, e claro, tem alguns tipos diferentes para cada proposta de aplicação.

fusiveis
  • Dispositivo de Proteção
  • Realiza Proteção contra Curto-Circuito
  • Possui o Tipo D, NH

Mini Disjuntor:

Sem muito segredo, é um disjuntor que faz a sua função como a maioria, com o diferencial de ser pequeno, mas claro, seu tamanho interfere no seu potencial. Assim também possuí diferentes tipos e classes, para cada tipo de aplicação.

mini disjuntor
  • Dispositivo de Proteção Termomagnético
  • Protege contra Curto-Circuito
  • Protege contra Sobre-Carga
  • Possui 3 tipos:
    • Monopolar – 1 Pólo
    • Bipolar – 2 Pólo
    • Tripolar – 3 pólo
  • Possui Três Classes:
    • Curva B – Para Cargas Resistivas
    • Curva C – Para Cargas Indutivas
    • Curva D – Para Cargas Alto Indutivas

Relé-Térmico:

Esse é um dispositivo que tem por função proteger o equipamento (motor) contra sobre-cargas, evitando o aquecimento da carga. Assim ele fica logo abaixo do contator, acoplado mesmo, e possuí contatos para a realização de comandos.

rele termico
  • Dispositivo de Proteção
  • Protege o equipamento contra Sobre-Carga
  • Evita o aquecimento da Carga
  • É acoplado na saída do Contator
  • Possui contatos NA e NF para realização do Comando

Contator de Potência:

Esse é muito conhecido dente os componentes de comandos, afinal, é ele quem faz toda a parte de acionamento de potência do sistema, possuindo terminais diretos para a ligação com a carga, e claro, podem ser acoplado à ele contatores auxiliares, por conta do seu número reduzido de contatos

contator de potencia
  • Dispositivo de Acionamento e Manobra de Cargas
  • Possui 3 terminais para conexão do sistema de potência e conexão com a Carga
  • Possui 1 Contato NA para celo ou 1 contato NF para Intertravamento
  • Possui encaixes para blocos de contatos auxiliares
  • Possui uma bobina de acionamento tanto em DC como em AC
  • Possui Classes de acionamentos:
    • AC1
    • AC2
    • AC3

Contator Auxiliar:

O contator auxiliar funciona como um contator de potência, porém não tem saída direta para a carga, aliás ele possuí um numero maior de contatos para acionamento. Assim pode ser acoplado em um contator de potência, lembrando que seus contatos suportam no máximo 10A.

componentes de comandos elétricos: contator auxiliar
  • Dispositivo de Comando
  • Possui 4 contatos auxiliares, esses podem ser:
    • 4NA;
    • 4NF;
    • 2NA+2NF;
  • Possui uma bobina de acionamento na tensão AC ou DC
  • Utilizado para Intertravamento, Sinalização.

Relé de Interface/Auxiliar:

O relé de de interface funciona como um contator auxiliar nos componentes de comandos, porém seus contatos são comutáveis, ou seja, existe um contato comum para o NA e o NF.

rele de interface
  • Dispositivo de Comando
  • Possui Contatos Comutáveis NAF
  • Possui bobina tipicamente acionadas em DC, porém existem modelos AC
  • Utilizado para manobra de comando, sinalização e acionamento de baixas cargas. 

Relé Temporizador:

Assim como o relé de interface, seus contatos também são comutáveis, tendo a vantagem de ter um acionamento temporizado, trabalha tanto com DC quanto com AC dependendo do modelo, e normalmente é usado para baixas cargas.

rele temporizador
  • Dispositivo de Comando
  • Possui Contatos Comutáveis NAF
  • Possui bobina tipicamente acionadas em DC, porém existem modelos AC
  • Utilizado para manobra de comando, sinalização e acionamento de baixas cargas. 
  • Possui um sistema de tempo para acionamento ou desacionamento de seus contatos
  • Possui 2 tipos: On Delay e Off Delay
    • On Delay: Quando a bobina é energizada, conta-se o tempo setado e após este tempo muda o estado de seus contatos (Atua)
    • Off Delay: Quando a bobina é energizada, é acionado seus contatos e após o tempo setado os mesmos voltam ao seu estado inicial.

Relé de Estado Sólido:

Ele não possuí parte mecânicas, sua operação é totalmente por meio de tiristores, que comutam de acordo com a corrente que passa por eles. É um dos componentes de comandos que tem a vida útil consideravelmente maior. Pode substituir um contator de potência, por exemplo, porém em sistemas trifásicos, são necessários 3 relés de estado sólido.

rele de estado solido
  • Dispositivo de Acionamento e Manobras de Cargas
  • Possui 1 terminal para conexão de Potencial (L1 ou L2 ou L3)
  • Possui 1 terminal para conexão com a carga  (T1 ou T2 ou T3)
  • Possui Bobina de Acionamento tanto em DC como em AC
  • Relé de estado sólido não possui partes mecânicas, operando por meio de tiristores que comutam quando uma determinada corrente passa por eles, assim esse é um processo físico que ocorre no tiristor, isso elimina a necessidade de contatos metálicos no interior do relé o que aumenta exponencialmente a sua vida útil.

Botão com Contato NA (Normalmente Aberto):

É um botão que pode possuir 1 ou 2 contatos NA, conforme sua aplicação, lembrando que cada cor dele representa uma função específica, para uma aplicação também específica.

botao na
  • Botão para acionamento de Sistemas ou Reset
  • Possui 1 ou 2 contatos NA (depende da aplicação)
  • Cada cor representa uma função:
  • Verde: Liga Sistema
  • Amarelo: Reset

Botão com Contato NF (Normalmente Fechado):

Assim como o botão de contato normalmente aberto, ele pode possuir 1 ou 2 contatos NF, e geralmente é utilizado para o desligamento de um sistema, e normalmente é encontrado na cor vermelha.

botao nf
  • Botão para desacionamento de Sistemas
  • Possui 1 ou 2 contatos NF (depende da aplicação)
  • Tipicamente utilizado na cor Vermelha

Chave Seletora:

É uma chave que como o próprio nome já diz, faz a seleção de aplicação ou comando, podendo ter em 2 tipos: Ligado e Desligado, ou, Neutro, Ligado e Desligado.

chave seletora
  • Chave para seleção de aplicação ou comando
  • Possui 2 contatos:
    • 2 NA;
    • 2 NF;
    • NA + NF
  • Possui 2 Tipos típicos:
    • 2 Manobras – Estado I ou II
    • 3 Manobras – Estado 0 (Neutro), I ou II

Sinaleiro ou LED:

Basicamente é utilizado para sinalizar alguma aplicação no circuito, por exemplo, um sinaleiro verde aceso, significa que o sistema está operando de forma normal.

sinaleiro
  • Utilizado para sinalizar uma aplicação no circuito:
  • Vermelho – Situações de Emergências
  • Amarelo – Situações Anormais
  • Verde – Situações Normais
  • Azul – Situação de Ação Obrigatória
  • Branco – Monitoramento

Botão de Emergência:

Não tem segredo aqui, ok? Normalmente o botão de emergência é do tipo “cogumelo”, e sempre é utilizado em momentos em que o sistema precisa ser então desligado emergencialmente.

botao de emergencia
  • Botão Tipicamente Cogumelo
  • Sempre na cor Vermelha
  • Utilizado para Paradas Emergências
  • Possui 2 contatos NF e/ou 1NA:

Fonte de Tensão DC:

Essa fonte é de corrente contínua, e normalmente é utilizada para a alimentação de circuitos de comandos. Enfim ela recebe uma alimentação em AC e disponibiliza uma tensão DC em sua saída.

fonte dc
  • Fonte de alimentação em corrente contínua
  • Tipicamente utilizada para alimentar circuitos de Comandos
  • Recebe uma Tensão Alternada (AC) na entrada
  • Disponibiliza Tensão Contínua (DC) em sua saída
  • Possui diversos tipos de alimentação (AC)
    • Monofásico ou Trifásicos
    • Tensão em 127V, 220V, 380V, 440V
  • Possui diversas tensões em sua saída
    • 12V DC, 24V DC, 48V DC

Transformador de tensão:

Como o nome já diz, ele transforma a tensão recebida, assim podendo diminuí-la, aumentá-la ou manter a mesma tensão isolando o circuito para proteção. Assim possuí diversos tipos de entrada e diversos tipos de saída, sendo um dispositivo versátil e muito utilizado entre com componentes de comandos.

  • Transforma a tensão, possui sistema primário (Recebe a tensão) e secundário (Emite a tensão)
  • Possui 3 tipos típicos:
    • Elevador – Decerto a tensão recebida no primário
    • Rebaixador – Portanto rebaixa a tensão recebida no primário
    • Isolador – Emite a mesma tensão (Primário e Secundário), porém isola o circuito conectado no secundário, utilizado para proteção.
  • Possui diversos tipos de alimentação (AC)
    • Monofásico ou Trifásicos
    • Tensão em 127V, 220V, 380V, 440V
  • Possui diversos tipos de tensão em sua saída (AC)
    • Monofásico ou Trifásicos
    • Tensão em 127V, 220V, 380V, 440V

Veja o vídeo:

No vídeo abaixo, eu te explico de uma forma mais prática tudo isso que falamos aqui, decerto vai complementar muito no que você acabou de ler. Assista e veja esses componentes “na mão”, conheça cada um deles.

Componentes de comandos são apenas a ponta do iceberg.

Como você viu no artigo acima, a área de comandos elétricos abrange muitas coisas no ramo da elétrica, certamente o que você leu é só a ponta do iceberg, existem inúmeros outros assuntos para aprender e obter como conhecimento nessa área, e eu tenho uma boa notícia pra você.

Aqui na Sala da Elétrica você pode ter todo esse conhecimento, muito mais do que o que você acabou de ler aqui nesse artigo, e além disso, ter acesso à bônus imperdíveis. Tudo isso no nosso curso de Comandos Elétricos. É sem dúvida o curso de comandos elétricos mais completo da internet.

Basta clicar AQUI ou na imagem abaixo, e assim você vai conhecer o curso que pode mudar sua vida profissional, e te tornar um eletricista ainda mais capacitado, sendo reconhecido pelo seu conhecimento em comandos elétricos, que hoje, é a área mais presente no ramo da elétrica.

Curso de comandos elétricos
Quais são os Componentes de Comandos Elétricos?
4.5 (90%) 2 votes

Fernando Canal

27 anos e eterno aprendiz. Atualmente atuando como Analista de SEO, Social Media e Copywriter aqui na Sala da Elétrica, além de ser músico e entusiasta da fotografia.

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Falta só mais um passo…

Informe os seus dados básicos abaixo:

/curso-de-clp/

1 (20%) 1 vote


Black Friday CLP – Antecipação

Avalie este Post


Curso de Eletricista Industrial

Avalie este Post

Informe seus dados e receba o curso:

Inscrição Aquisição – Curso Relâmpago Comandos Elétricos

Avalie este Post

Cadastre-se e Receba as aulas em seu e-mail

Lista de Espera Curso Relâmpago Comandos Elétricos

Avalie este Post


Semana método lide express

Avalie este Post